31 agosto, 2007

Revista do Professor de Matemática

No último encontro sobre Resolução de Problemas, falamos muito sobre os Dez Mandamentos para o professor. No link abaixo, a publicação da Revista do Professor de Matemática, n.º 10, na qual está publicado o assunto e inclusive disponível para download.
O autor Elon Lages Lima fala muito bem desses mandamentos criados pelo escritor George Polya. Vale a pena ler.
Dez Mandamentos para o professor

30 agosto, 2007

Metodologia e Tecnologia

"Não basta entupir de recursos tecnológicos materiais se não houver metodologia de trabalho e projeto pedagógico".

Assisti este vídeo no blog do PDE de Língua Inglesa da UEL, onde uma das colaboradoras é a minha colega Cidinha.


18 agosto, 2007

Internet e Educação

Internet e Educação

Para Refletir



Uma citação de Ubiratan D'Ambrósio, dica da minha professora em nossa primeira aula sobre Investigação Matemática:

"A Educação Matemática tem confiado, para obter credibilidade, em apresentar-se como tema de interesse para os matemáticos. (...) O pecado original da Educação Matemática, que perdura ainda hoje, é considerar a educação como um canal através do qual podemos difundir a matemática, em vez de considerar a matemática como um canal importante por meio do qual podemos educar as pessoas. Em outras palavras, o fim último tem sido ensinar matemática em vez de educar pessoas usando matemática como veículo. Essas são atitudes radicalmente diferentes, a primeira prevalecendo entre matemáticos e a segunda entre educadores. Como se colocam os educadores matemáticos?"

Ubiratan D'Ambrosio em dezembro de 1994 no Journal for Research in Mathematics Education, Vol. 25, Nº 6, pp. 685-696.

10 agosto, 2007

Investigação Matemática


Iniciamos com o estudo sobre "Investigação Matemática". É claro que para aprendermos, ou entendermos o "espírito da coisa", nada melhor do que INVESTIGAR, e para isso, estamos em plena atividade de investigação.

Entre Você e Deus



Muitas vezes as pessoas são egocêntricas, ilógicas e insensatas.Perdoe-as, assim mesmo.

Se você é gentil, as pessoas podem acusá-lo de egoísta, interesseiro.Seja gentil, assim mesmo.

Se você é um vencedor, terá alguns falsos amigos e inimigos verdadeiros.Vença, assim mesmo.

Se você é honesto e franco as pessoas podem enganá-lo.Seja honesto e franco, assim mesmo.

Se você tem paz e é feliz, as pessoas podem sentir inveja.Continue em Paz e seja feliz, assim mesmo.

O bem que você faz hoje, pode ser esquecido amanhã.Faça o bem, assim mesmo.

Dê ao mundo o melhor de você, mas isso pode nunca ser o bastante.Dê o melhor de você, assim mesmo.

Veja você que, no final das contas, é ENTRE VOCÊ E DEUS,nunca entre você e as outras pessoas!

Madre Teresa de Calcutá.

09 agosto, 2007

Tecnologias de Informação e Comunicação

Nossa primeira aula foi com o software Graphequation. Nele é possível construir gráficos de regiões e curvas no plano que verifiquem inequações, e ainda, usando conceitos de função podemos criar desenhos, paisagens, tais como nesta imagem. Na página da Edumatec é possível fazer o download deste programa (shareware), e ainda ler algumas dicas .

Chaplin


"Eu já perdoei erros quase imperdoáveis, tentei substituir pessoas insubstituíveis e esquecer pessoas inesquecíveis, já fiz coisas por impulso, já me decepcionei com pessoas quando nunca pensei me decepcionar, mas também decepcionei alguém.Já abracei por proteger, já dei risada quando não podia, fiz amigos eternos, amei e fui amada. Já gritei e pulei de tanta felicidade, já vivi de amor e fiz juras eternas, "quebrei a cara" muitas vezes!!! Já chorei ouvindo músicas e vendo fotos, já liguei só para escutar uma voz, me apaixonei por um sorriso, já pensei que fosse morrer de tanta saudade e tive medo de perder alguém especial ( e acabei perdendo). Mas vivi ! E ainda vivo !!! Não passo pela vida ... e você também não deveria passar !!!VIVA !!!!Bom mesmo é ir a luta com determinação, abraçar a vida e viver com paixão, perder com classe e vencer com ousadia, porque o mundo pertence a quem se atreve e a VIDA é muito para ser insignificante...."
Charles Chaplin

07 agosto, 2007