19 dezembro, 2008

Acabou!!!


Mais uma etapa vencida!!!
O meu trabalho foi sobre "A Matemática da Música". Quem quiser dar uma olhadinha, é só clicar:

Wiki - página com materiais sobre o tema.
A Senóide e os Sons Musicais - o meu material.
Funções Trigonométricas e os Sons Musicais - o artigo final.

23 novembro, 2008

16 setembro, 2008

Informação X Aprendizagem



Tornar a informação disponível não é suficiente para caracterizar o momento como sociedade da aprendizagem. Assim, como diz Rubem Alves, em seu artigo na Folha de São Paulo:

“Pensar não é apenas ter informações. Pensar é o que se faz com as informações. (…) Assim, ao se entupir de informações como o comilão que se entope de comida, o leitor se livra de pensar”. (…) “Ler, só ler é parar de pensar. É pensar os pensamentos dos outros. E quem fica o tempo todo pensando o pensamento dos outros, acaba desaprendendo a pensar seus próprios pensamentos”. (ALVES)

De uma certa forma, podemos dizer que todos nós, professores e alunos estamos sendo soterrados por uma enorme massa de informações, de forma que podemos algumas vezes confundir informação e conhecimento, informação e aprendizagem.

Moran (1998) nos diz que na informação os dados estão organizados dentro de uma lógica e de uma estrutura determinada, e que conhecimento é integrar esta informação no nosso paradigma, tornando-a significativa para nós, portanto, o conhecimento não se passa, se constrói. O conhecimento ocorre na seleção, comparação, avaliação, contextualização daquilo que é mais significativo.

Poderíamos entender a informação organizada como matéria prima da aprendizagem, uma vez que ao iniciarmos qualquer pesquisa partimos de uma informação pronta, inserimos novos fatos, outras experiências, interações, e assim transformamos aquela primeira informação em aprendizagem.

Neste processo, as tecnologias têm auxiliado muito, tanto na pesquisa, quanto na organização. Na Internet está cada vez mais fácil acharmos o queremos, mas também traz novos problemas:

__ O que pesquisar?

__ O que tem valor e o que deve ser descartado?

__ As informações são seguras?

Certamente poderemos elencar muitas outras preocupações, por exemplo, a leitura. Nossos alunos raramente lêem o texto todo, lêem apenas pequenos trechos, conseqüentemente não compreendem o assunto, e então muitas vezes “copiam e colam”.

Neste sentido, se a informação está tão fácil e acessível, o professor não poderá ser aquele que informa, mas sim aquele que assume o papel fundamental de mediador e organizador de processos. Segundo Moran (1998), ao professor caberá a nobre tarefa de ser além de um pesquisador juntamente com seus alunos, um articulador de aprendizagem, é o professor que proporcionará subsídios para que seus educandos transformem a informação em aprendizagem.

10 setembro, 2008

Portais


A proposta do MEC é inserir os professores no ambiente das novas tecnologias, e nesse sentido, o conta com mais 2 portais: O Portal do Professor e o Banco Internacional de Objetos Educacionais. O conteúdo do portal inclui sugestões de aulas de acordo com o currículo de cada disciplina e recursos como vídeos, fotos, mapas,áudio e textos. Já o Banco Internacional de Objetos Educacionais permitirá o acesso rápido e gratuito a vídeos, animações, jogos, textos, áudios e softwares educacionais. Contará também com produções de países como Argentina, Canadá, China, Alemanha, França, Itália,Holanda, Portugal, Reino Unido e Estados Unidos.

Mais informações, acesse:
Portal - http://portaldoprofessor.mec. gov.br
Banco - http://objetoseducacionais2.mec. gov.br

21 julho, 2008

Meus Blogs


Estou procurando organizar meus blogs. Primeiramente "separei" os tipos de postagens de cada um, visto que, resolvi não apagar nenhum dos blogs (vamos ver se conseguirei mantê-los); em seguida: separar por categorias. Até o momento, está da seguinte forma:
Blog da Su = Blog pessoal, teve início como portfólio/registro do PROA.
Sala de Música = Como uma sala de música, com um pouco de história da música, instrumentos musicais...
Matemática no PDE = Blog com a intenção de ser colaborativo entre os professores de Matemática do PDE - PR, é claro, sobre Matemática.
Falando em Matemática = Em construção... Blog com conteúdos matemáticos trabalhos em sala, e outros complementos.
Sueli Rossi = Blog criado para a disciplina do PROA 17. Pretendo continuar inserindo posts sobre "ferramentas".

Será que darei conta??


Hot Potatoes

Movie Maker em Sala

18 julho, 2008

Campanha de Incentivo à Leitura

Campanha de incentivo à leitura idealizada e produzida por: Deborah Toniolo, Marina Xavier, Julia Brasileiro, Igor Melo, Jader Félix, João Paulo Moura, Luciano Midlej, Marcos Diniz, Paulo Diniz, Filipe Bezerra. (Alunos do 2ºano - turma pp02/2003 - do curso de Publicidade e Propaganda da UNIFACS - Universidade Salvador). Adaptado do texto de Guiomar Grammon.

Usando o bubbleShare

Este tutorial foi feito pela colega Cristiane.

A Matemática através da Arte

Linha do Tempo

Um exemplo de linha do tempo criado no Dipity: A vida de Pablo Neruda.

17 julho, 2008

Linha do Tempo

Uma ótima opção para criar uma "Linha do Tempo": Dipity. Ele permite construir suas linhas do tempo colaborativamente; com diferentes formas de visualização:
Timeline = padrão, com intervalos de 100 anos; é possível incluir vídeos, fotos e links.
List View = texto em tópicos.
Flipbook = "folhas", folheia-se como uma revista.
Map View = visualização por localização geográfica.

Você também poderá disponibilizá-lo no seu blog, como no exemplo abaixo: A vida de Shakespeare.

15 julho, 2008

Tutorial - Thinkfree

Inteligências Múltiplas



Os novos paradigmas para a educação consideram que os alunos devem ser preparados para conviver numa sociedade em constantes mudanças, assim como devem ser os construtores do seu conhecimento e, portanto, serem sujeitos ativos deste processo. Neste modelo os professores deixam de ser os transmissores da informação passando a atuar como facilitadores do processo de aprendizagem. O aluno não pode ser visto como “tábua rasa”, e sim como um ser completo e, como tal, possuidor de outras inteligências ou habilidades.

Na tentativa de se explicar o processo de aprendizagem surgem novas teorias, dentre elas a Teoria das Inteligências Múltiplas, que se apóia nas novas descobertas neurológicas procedidas em Harvard e em outras universidades dos Estados Unidos, mudando as linhas de conhecimento neurológico sobre a mente humana, desenvolvida e caracterizada no início da década de 1980 por Howard Gardner.

Nesta teoria a noção de cultura é básica, e define inteligência como a habilidade para resolver problemas ou criar produtos que são significativos em um ou mais ambientes culturais. Alguns talentos só se desenvolvem porque são valorizados pelo ambiente, cada domínio ou inteligência, pode ser visto em termos de uma seqüência de estágios; enquanto todos os indivíduos normais possuem os estágios mais básicos em todas as inteligências, os estágios mais sofisticados dependem de maior trabalho ou aprendizado.

De acordo com Gardner, abrigamos em nossa mente oito Inteligências, todas com a mesma dimensão e importância:

· Inteligência lingüística ou verbal: caracterizada por extrema sensibilidade a estrutura, som, significado e funções da palavra na linguagem;

· Inteligência lógico-matemática: manifesta-se pela capacidade e sensibilidade para discernir padrões lógicos ou numéricos, e a capacidade de trabalhar com longas cadeias de raciocínio;

· Inteligência espacial: está muito ligada à criatividade e à concepção, no plano espacial, de sólidos geométricos. Destaca a capacidade de perceber com relativa exatidão o mundo vísuo-espacial e de realizar transformações nessas percepções;

· Inteligência sonora ou musical: associa-se à percepção do som não como um componente do ambiente, mas por sua unidade e linguagem. Destaca-se pela capacidade em se produzir e apreciar ritmos, tons, timbres e identificar diferentes formas de expressividade na música ou nos sons em geral;

· Inteligência cinestésico-corporal: é a Inteligência do movimento, associa-se à linguagem corporal e marca de forma expressiva a capacidade de comunicação de pessoas como mímicos, mágicos, bailarinos ou atletas. Liga-se à capacidade de controlar os movimentos do corpo e manipular objetos com destreza;

· Inteligência naturalista: está estruturalmente ligada a vida animal e vegetal e, por esse motivo, é também conhecida como Inteligência biológica ou ecológica. Sua manifestação revela-se pela perícia em se identificar membros de uma mesma espécie, reconhecer a existência de diferentes espécies;

· Inteligência Intrapessoal: ligada ao autoconhecimento, percepção de identidade e conseqüentemente à auto-estima e compreensão plena do “eu”, assim como à capacidade de discernir e discriminar as próprias as próprias emoções;

· Inteligência Interpessoal: está associada à empatia, relação com o outro e sua plena descoberta, com “abertura” para responder adequadamente aos temperamentos, estados de humor, motivações e desejos de outras pessoas.

Essa relação de Inteligências não se constitui um paradigma fechado. Novos estudos abrem perspectivas para a ampliação desse limite e mesmo Gardner aprofunda pesquisas para que se acrescente a “Inteligência Existencial”, que estaria ligada à capacidade de compreender o significado da existência, e a relação do amor por um outro, pela arte ou por uma causa.

14 julho, 2008

Raiz Quadrada

Vídeo sobre o método elaborado por Luiz Costa Carlos, para extrair a raiz de números quadrado perfeito e menores que 10.000.

Thinkfree na Educação


São muitas as possibilidades de uso do Thinkfree na Educação, sendo que a mais importante seja a possibilidade de criar atividades que dinamizem e tornem a prática pedagógica mais atrativa. O Thinkfree oferece oportunidades de interação com todas as disciplinas, levando os alunos a desafiar, pensar, criar e descobrir novas possibilidades de uso, inclusive no desenvolvimento e uso da Língua Inglesa.

Sugestão de atividades:

1. Apresentação de trabalhos, pesquisa, textos;
2. Elaboração de textos, folders, cartões, etc.;
3. Compartilhamento de arquivos com outros usuários;
4. Apresentação de trabalhos online.

06 julho, 2008

Síndrome de Burnout. O que é isso?

Segundo uma pesquisa realizada com mais de 8 mil professores da educação básica da rede pública na região Centro-Oeste do Brasil, 15,7% dos entrevistados apresentam a síndrome de burnout. A síndrome acomete principalmente profissionais idealistas e com altas expectativas em relação aos resultados do seu trabalho, e que na impossibilidade de alcançá-los, acabam decepcionados consigo mesmos e com a carreira.
O estudo confirma a vulnerabilidade do docente à síndrome, uma vez que o excesso de exigências auto-impostas, associadas a uma série de outros fatores, expõem o profissional a um desgaste permanente. Assim, a tensão gerada entre o desejo de realizar um trabalho idealizado e a impossibilidade de concretizá-lo acaba por levar o profissional a um estado de desistência simbólica do ofício.
Estas condições são confirmada pelos estudos realizados pela psicóloga Nádia Maria Beserra Leite, que analisou 8.744 questionários, respondidos por professores de ensino fundamental e médio, como parte do seu mestrado no Instituto de psicologia (IP) da Universidade de Brasília (UnB), sob orientação do professor Wanderley Codo. Nádia, é cautelosa quanto à generalização dos resultados, mas considera os dados preocupantes, pois caso o índice seja o mesmo em todo o País, por exemplo, então mais de 300 mil professores brasileiros convivem com a síndrome, isso somente no ensino básico.
A síndrome de burnout pode afetar qualquer profissional, sendo mais comum em pessoas que desenvolvem atividades de constante contato humano, como: médicos, professores, psicólogos,bombeiros, policiais, e outros.

Leia na íntegra: Banco de Pautas Unb
Outra sugestão de Leitura: A Síndrome de Burnout e o trabalho docente

Skoool


A tecnologia skoool é uma ferramenta com soluções multimídia e recursos interativos na Internet, orientados para facilitar o acesso à informação e ao conhecimento dos alunos e potenciar o trabalho dos professores. É dirigido tanto a docentes como a alunos e suas famílias.A sua estrutura é composta de narrações em áudio, simulações audiovisuais, propostas de auto-avaliação e de reforço de conteúdos, associados a um interface funcional, simples, proporcionando uma boa ferramenta de apoio para as disciplinas de Matemática, Física, Química e Biologia. A inclusão dos demais conteúdos, está previsto para um futuro próximo.
Esta tecnologia Skoool foi lançada pela Intel primeiramente na Irlanda, em 2002, para depois ser apresentado em 2004 no Reino Unido e posteriormente na Turquia, Suécia, Tailândia, Arábia Saudita e África do Sul. Em 2007 foi a vez da Espanha no âmbito de um projeto conjunto com Portugal.
Fonte: www.skoool.pt.

24 junho, 2008

ThinkFree

ThinkFree é um pacote de programas de escritório, que pode ser acessado diretamente via internet. O grande diferencial é que ele também pode ser usado no modo off-line, depois de ter sido copiado para o PC. Traz três programas: um editor de textos (Write), um gerenciador de planilhas (Calc) e um programa de apresentações de slides (Show). Os três, respectivamente, são compatíveis com Word, Excel e PowerPoint, que fazem parte do pacote Microsoft Office. A versão para download do ThinkFree é paga, entretanto, o serviço on-line é gratuito. O carro-chefe do pacote é o processador de textos. O aplicativo disponibiliza recursos como: escolher fontes e caracteres especiais, colocar itálico ou negrito em palavras, tabular dados, gravar documentos em extensão .doc (em um disco virtual ou no disco rígido do computador). No serviço on-line permite que os usuários compartilhem textos, coloquem diretamente em blogs ou ainda os publiquem no próprio ThinkFree.

Para usar o ThinkFree é necessário se cadastrar no site. Basta acessar www.thinkfree.com e clicar em Sign up. Na página seguinte, é necessário preencher nomes, e-mail e senha. Será enviada uma mensagem para o e-mail fornecido, para que a conta seja ativada.


do texto “ThinkFree representa alternativa ao pacote Office” de SÉRGIO VINÍCIUS, da Folha de S.Paulo, do dia 03/05/06

21 abril, 2008

Google Earth

Com a nova opção sky do Google Earth, você também poderá observar estrelas e galáxias. Confira!!!

Sugestão de Leitura


DIRIE, W. Flor do Deserto - É um livro que deve ser lido com seriedade. É um hino à força e à vontade humanas, uma inspiração de que todos os obstáculos são ultrapassáveis! Por meio de sua biografia, a modelo africana Waris Dirie, relata sua saga pelo deserto da Somália, fugindo da tirania do pai, cuja mentalidade cultural, permite não só a mutilação, como a escolha do marido para a filha.
Hoje, Waris Dirie (nome que significa Flor do Deserto) é uma modelo famosa a nível internacional e porta-voz das Nações Unidas para os direitos das mulheres em África.


15 abril, 2008

Mármores Game

Mármores Game é uma variação do famoso chinês Damas Jogo! O objetivo é remover os mármores do tabuleiro, restando somente um. Você pode remover um mármore por saltar por cima de um terreno vazio. Selecione um mármore, clicando sobre ela e movê-lo, selecionando o local que você deseja mover-se.


Gadget by LabPixies.com

Cinco

Um jogo simples e complicado, mas para passar o tempo. O objetivo é definir o maior número de pontos, criando linhas de cinco ou mais bolas com a mesma cor. Você pode mover a bolinha, selecionando uma bola e, em seguida, selecionando uma vaga no local que tem um claro caminho para o quadrado selecionado (bolas só podem mover horizontalmente ou verticalmente).

Gadget by LabPixies.com

Jogo da Memória

É só descobrir os pares...

Gadget by LabPixies.com

Jogo da Memória

É só descobrir os pares usando o mínimo possível de tentativas. Selecione seu tema favorito e clique para começar.

Gadget by LabPixies.com

05 abril, 2008

4ª Olimpíada de Matemática


Estão abertas as inscrições para 4ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP 2008), no período de 01/04 a 16/05/08, e a prova já tem data marcada: 26/08/08.
A OBMEP é uma promoção do Ministério da Ciência e Tecnologia e do Ministério da Educação, com realização do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), responsáveis pela Direção Acadêmica.
É dirigida aos alunos de 5ª à 8ª série (6º ao 9º ano) do Ensino Fundamental e aos alunos do Ensino Médio das escolas públicas municipais, estaduais e federais, que concorrem a prêmios de acordo com a sua classificação nas provas. Professores, escolas e secretarias de educação dos alunos participantes também concorrem a prêmios.

Maiores Informações no site: OBMEP.

10 março, 2008

04 março, 2008

A Vida me Ensinou...



"A vida me ensinou...
A dizer adeus às pessoas que amo, sem tirá-las do meu coração;
Sorrir às pessoas que não gostam de mim, para mostrá-las que sou diferente do que elas pensam;
Fazer de conta que tudo está bem quando isso não é verdade, para que eu possa acreditar que tudo vai mudar;
Calar-me para ouvir;
Aprender com meus erros .
Afinal eu posso ser sempre melhor.
A lutar contra as injustiças;
Sorrir quando o que mais desejo é gritar todas as minhas dores para o mundo,
A ser forte quando os que amo estão com problemas;
Ser carinhoso com todos que precisam do meu carinho;
Ouvir a todos que só precisam desabafar;
Amar aos que me machucam ou querem fazer de mim depósito de suas frustrações e desafetos;
Perdoar incondicionalmente, pois já precisei desse perdão;
Amar incondicionalmente, pois também preciso desse amor;
A alegrar a quem precisa;
A pedir perdão;
A sonhar acordado;
A acordar para a realidade (sempre que fosse necessário);
A aproveitar cada instante de felicidade;
A chorar de saudade sem vergonha de demonstrar;
Me ensinou a ter olhos para "ver e ouvir estrelas", embora nem sempre consiga entendê-las;
A ver o encanto do pôr-do-sol;
A sentir a dor do adeus e do que se acaba, sempre lutando para preservar tudo o que é importante para a felicidade do meu ser;
A abrir minhas janelas para o amor;
A não temer o futuro;
Me ensinou e está me ensinando a aproveitar o presente, como um presente que da vida recebi, e usá-lo como um diamante que eu mesmo tenho que lapidar, lhe dando forma da maneira que eu escolher".

Charles Chaplin

IV Bienal da SBM

A IV Bienal da SBM será realizada no período de 29 de setembro a 03 de outubro de 2008 no Departamento de Matemática da Universidade Estadual de Maringá. Na programação compreenderá de conferências, mini cursos, oficinas, filmes, exibição de pôsteres e laboratórios de ensino. Para a submissão de trabalhos, as datas são:

  • Minicursos e oficinas: 05/11/07 a 15/05/08;
  • Pôsteres: 01/08 a 30/08/08;
  • Mostra de Laboratórios: 01/03 a 15/05/08;
  • Palestras: 05/11/07 a 30/08/08.

Maiores informações, no site da Bienal.


01 março, 2008

XII Jornada de Educação Matemática


Nos dias 07, 08 e 09 de maio, teremos a XII Jornada de Educação Matemática, do IME / UFG, cujo tema será: A Tecnologia em Meio a Educação Matemática. O prazo para a submissão de trabalhos foi prorrogada para 24/03/2008. O interessados em enviar seus trabalhos, poderão se inscrever nas modalidades: oficina, pôster e / ou feira de matemática, comunicação: relato de experiência ou de pesquisa.

Maiores informações no site: Jornada de Educação Matemática.

23 fevereiro, 2008

31 janeiro, 2008

I Encontro Regional dos bolsistas OBMEP - PR01

A ser realizado de 09/02/2008 e 10/02/2008, na UEL, Anfiteatro maior do CCH de 08h30min às 17h30min, Londrina/PR. Neste evento estarão reunidos os bolsistas da OBMEP-2005/2006/2007 da região PR-01 que estejam cumprindo (ou cumpriram) o Programa de Iniciação Científica, para uma programação que inclui: mini-cursos e palestras de conteúdo matemático.

Notícia: Agência Uel.